fevereiro 28, 2014

Eu não espero que você entenda


Eu não queria estar passando por isso. Eu disse a mim mesma que seria diferente. Mas não teve jeito, adolescentes são as pessoas mais confusas do mundo.

É a fase da vida das maiores dúvidas, das maiores dores no coração. Tem tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo. E para piorar, tudo muito rápido.

O relógio tem girado como um louco. Um louco que não para ninguém, apenas continua seguindo o ciclo de sempre. Os dias estão passando, os meses, os anos. Eu ainda me lembro da noite da virado do ano e se você ainda não percebeu estamos entrando no terceiro mês de 2014.

O tempo está se tornando inimigo das minhas decisões e eu preciso correr mais rápido. Tem me deixado confusa. Eu quero deixar pro dia seguinte mas quando pisco os olhos, já estamos nele.

Eu olho pela janela e vejo o dia se tornar noite e tudo dentro de mim se torna mais forte. Hormônios. Adolescência. Mudanças. Eu não sei qual nome se dar ao que estou sentindo. E nem o que outros milhões de outros adolescentes estão sentindo agora mesmo.

Eu tenho ficado parada pensando como será amanhã, e eu só queria que tudo parasse por um momento. Eu queria poder me sentar e ficar horas e horas parada, só parada.

Podem dizer ''Porque você tem muitos filhos pra cuidar, muita roupa pra lavar, trabalhar o dia inteiro.''

Mas o que as pessoas não entendem que cada um tem seu tempo, cada um tem seus problemas e confusões, não importa a idade. Eu tenho sim muito trabalho de casa pra fazer, muitas ideias na cabeça, mas sem coragem suficiente para torná-las reais.

Você já parou pra pensar em como a dúvida pesa no coração. Eu vou fazer 15 anos, tenho que estudar para passar para uma federal, mas eu ainda nem sei muito bem o que quero fazer no meu futuro. Se eu tenho aquela coisa que amo? Sim. Mas se eu tenho coragem? Não. O tempo está sendo tão cruel. Eu tenho pensado tanto no futuro que eu me esqueço do presente. Mas eu não espero que você entenda isso.

Eu tenho planos que não faço a mínima ideia se vão conseguir atingir meu objetivo. Eu tenho sonhos que tenho tentado deixar de lado e continuar a vida real, mas eles martelam tanto na minha cabeça.

Eu nunca tive tantas dúvidas sobre futuro como agora. Tantas escolhas e eu levo tão a sério o que as pessoas vão pensar. Eu sei que não devo, mas isso tem tido tanta relevância em minhas escolhas.

A vida é feita de tantas escolhas e eu sei que a cada uma que faço, vou deixando alguma coisa pra traz. É assim que as coisas funcionam, vivendo sempre na balança entre escolhas e consequências.

Às vezes, a gente simplesmente muda. Sem nem saber, o coração fez a escolha por nós. Por outro lado, existem as vezes onde somos obrigado a escolher entre mudar ou não. Escolher entre agir ou continuar parado.

Nisso tudo, não dá pra escolher não se machucar, nem evitar de cair. Cada escolha muda nosso rumo e nem sabemos como tudo vai acabar.

Parece que tudo está mudando, mas eu continuo a mesma.

E se eu pensar bem. Tem tanta gente por aí sofrendo por amor. Sofrendo por perdas. E algumas, assim como eu, com dúvidas no coração, que ninguém pode tirar.

Não espero que ninguém entenda, afinal, são dúvidas que eu mesmo tenho que lutar contra.


9 comentários / COMENTE TAMBÉM

  1. Seu blog é lindo, adorei :)
    Já estou seguindo a fanpage.
    Sucesso, viu?
    Beijo

    www.cecismaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olha, eu vou fazer 18 anos e posso te dizer que a coisa continua! Lembro como foi o período que eu fazia provas pra entrar em uma escola no ensino médio ... e agora na faculdade! Os problemas são sempre os mesmos só que com embalagem diferente, a gente só precisa encontrar equilibrio e fazer as coisas com a mente aberta e vazia porque se não quem aguenta? hahaha amei seu blog, amei seu texto fofa

    http://thefashionistqueen.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada e como disse, nós sempre vamos ter dúvidas não importa nossa idade. Sempre estamos na balança entre escolhas e consequências. Obrigada por comentar. C:

      Excluir
  3. Adorei esse texto. Me identifiquei muito com cada palavra dita, sem falar que tenho a mesma idade que você e também irei fazer uma prova pra ir para federal. Beijos!

    http://gaarotaconfusa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu conseguir desfazer minhas dúvidas eu te falo

      Excluir
    2. Essas dúvidas nos perseguem por muito tempo, tenho 19 anos e ainda não tenho certeza de muita coisa. Passar numa federal é um processo bem complicado, e escolher o curso certo mais ainda. Escolhi um curso e desisti, depois consegui entrar em outro e a única certeza que tenho é que ele não condiz com os meus sonhos, mas condiz com a realidade em que vivo. Tenho que garantir meu futuro, mas isso não quer dizer que eu vou desistir dos meus sonhos, mas vou tentar alcançá-los por outros caminhos.
      Espero que você consiga lidar com suas dúvidas.
      Beijos!

      http://temponaoperdido.wordpress.com/

      Excluir
    3. Eu sempre digo isso: meu maior medo é escolher uma coisa que vou me arrepender depois. Isso principalmente relacionado a trabalho. Não quero viver a vida sabendo que poderia ter escolhido uma coisa que me deixaria mais feliz

      Excluir
  4. Me identifiquei bastante com o seu texto, mas posso te dizer que eu venci todas as minhas dúvidas quando eu passei a acreditar muito mais em mim mesma, e no meu potencial. Quando a gente se valoriza, tudo ao nosso redor muda. Mas não é algo do dia para a noite, isso vem com o tempo. Parabéns pelo seu blog, ele é lindo e a sua escrita é maravilhosa! Beijos querida, te desejo muito sucesso!

    http://senhorita-deise.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir