setembro 28, 2014

Aos que procuram uma história de amor


Sou uma pessoa fechada em relação a sentimentos, por isso, sinto que qualquer mínima coisa me decepciona. Até mesmo a ausência de um bom dia. Desculpa, é meu jeito.

As vezes tô muito feliz, e uma palavra me faz mudar de ideia. Sou indecisa e confusa com tudo. E no fundo, não ponho fé no amor. Não me entenda mal, eu não sou nenhuma velha ranzinza. O sentimento amor é uma coisa incrível e transforma as pessoas, sei disso.

Mas as vezes eu não sei se eu sou diferente, ou as pessoas que não amam mais da mesma maneira. É casal junto hoje e se separando amanhã, é gente trocando carícias hoje e se odiando no dia seguinte.

Cheguei a uma conclusão, o que eu acho é que as pessoas estão tão desesperadas para encontrar um amor que se arriscam em qualquer oportunidade. Qualquer frase bonita ou bem dita já o sinônimo de uma esperança de ser feliz para sempre ao lado de alguém.

Não digo que é errado as pessoas procurarem pela felicidade ao lado de alguém. Mas minha mãe sempre me diz que deixar as coisas acontecerem em seu tempo, evita as decepções. Porque quando a gente se decepciona, dói. Dói muito. E parece que vai doer pra sempre.

Sempre digo que amor é algo que não se força, ou ele existe ou não. Se você quer uma história de amor, não corra atrás dela. Ela vem naturalmente.

E é claro, não se esquecer de se amar.

Nenhum comentário

Postar um comentário